Última hora

Última hora

Gordon Brown quer limitar entrada de imigrantes

Em leitura:

Gordon Brown quer limitar entrada de imigrantes

Tamanho do texto Aa Aa

Gordon Brown vai limitar a entrada de imigrantes no Reino Unido. O primeiro-ministro britânico mostrou-se, esta quinta-feira, consciente das preocupações dos cidadãos com a falta de trabalho e promete restringir o recrutamento de mão-de-obra de fora da União Europeia e limitar a atribuição de vistos a estudantes.

“Estamos a favor de uma abordagem firme mas justa, baseada num sistema de pontos, através dos quais decidimos que tipo de competências vão permitir a entrada no país. Isto combina flexibilidade e controlo, continuando o nosso compromisso com as fronteiras e o reforço das leis contra a imigração ilegal”, defendeu. Este foi o primeiro grande discurso de Brown sobre a imigração, desde que entrou em Downing Street. A oposição acusa-o de reagir tarde. “Penso que este discurso está a ser demasiado falado. Não há nenhum anúncio novo. E o que gostaria de ouvir de Gordon Brown seria um pedido de desculpas pelo facto de nos últimos doze anos, o governo não se ter realmente apercebido da imigração. Durante vários anos, houve 200 mil imigrantes por ano”, criticou o conservador Damian Green. Este é um dos temas-chave das próximas legislativas. Apesar de ter introduzido, no ano passado, um sistema de pontos para limitar a atribuição de vistos, Brown não conseguiu evitar o descontentamento dos trabalhadores britânicos. Nos últimos meses, foram para as ruas manifestar-se e pedir mais emprego, alegando que os estrangeiros lhes retiram trabalho.