Última hora

Última hora

Prisão perpétua para Wiens

Em leitura:

Prisão perpétua para Wiens

Tamanho do texto Aa Aa

O alemão que esfaqueou até à morte uma mulher egípcia foi condenado a prisão perpétua.

Alex Wiens de 28 anos negou ter premeditado o crime, mas não escondeu as tendência xenófobas. O alemão de origem russa atacou a vítima numa sala de audiência, quando respondia por difamação. Depois de apunhalar 16 vezes a vítima que se encontrava grávida, ainda, tentou matar o marido. A acusação pedia a pena máxima prevista pela lei alemã, alegando, que o autor do crime agiu motivado pelo “ódio aos não europeus e aos muçulmanos.” O embaixador egípcio, Ramzy Ezzeldin, já se congratulou com a decisão da justiça O ataque chocou a Alemanha e deixou indignados vários países muçulmanos. Esta quarta-feira, dezenas de pessoas manifestaram-se à porta do tribunal contra a xenofobia. Recorde-se que a Alemanha acolhe a segunda maior comunidade muçulmana da Europa.