Última hora

Última hora

Governo holandês propõe criação de taxa de circulação "ecológica"

Em leitura:

Governo holandês propõe criação de taxa de circulação "ecológica"

Tamanho do texto Aa Aa

Os condutores holandeses poderão ser os primeiros europeus a testar um novo imposto de circulação calculado ao quilómetro.

A medida que deverá entrar em vigor em 2012 foi aprovada ontem em conselho de ministros e vai ser submetida à aprovação do parlamento. A proposta prevê a substituição do actual imposto automóvel por uma taxa de circulação de 3 centimos por quilómetro que deverá ascender a 6,7 cêntimos em 2018. Uma forma de reduzir em 10% as emissões de gases poluentes e em mais de 15% os engarrafamentos, segundo o governo. O ministro do trânsito holandês afirma estar satisfeito com aquele que, “será o primeiro sistema deste género a nível mundial. 59% dos automobilistas vão acabar por pagar menos impostos”. O número de quilómetros percorridos vai ser controlado através de um sistema GPS, estando previsto um procedimento alternativo para veículos estrangeiros. Para o responsável da associação de automobilistas holandeses, “a medida é positiva tanto para os condutores como para o ambiente”. Com os quilómetros contados, o governo espera que os automobilistas optem por utilizar como alternativa os transportes públicos, que estarão isentos da nova taxa de circulação.