Última hora

Última hora

Um carnaval contra a morte em Veneza

Em leitura:

Um carnaval contra a morte em Veneza

Tamanho do texto Aa Aa

Os habitantes de Veneza celebraram hoje, no Grande Canal, o menos turístico de todos os carnavais da cidade.

Cerca de três centenas de residentes organizaram um protesto em forma de funeral contra o despovoamento da cidade. Em menos de quatro décadas, Veneza perdeu metade dos seus habitantes, em parte por causa do turismo. Os canais que fascinam milhões de turistas todos os anos representam uma dificuldade quotidiana para os habitantes, à qual se somam os preços proibitivos do imobiliário e dos serviços dentro da cidade. Os residentes exigem que a câmara cancele as licenças para a construção de novos hotéis, assim como a atribuição de incentivos fiscais aos venezianos que queiram regressar ao centro da cidade. A morte em Veneza foi assim um pretexto para voltar a dar vida à cidade da Fénix, que não parece querer perder o apelido de “sereníssima”.