Última hora

Última hora

Ahmadinejad diz que nuclear "não é negociável"

Em leitura:

Ahmadinejad diz que nuclear "não é negociável"

Tamanho do texto Aa Aa

Nova provocação de Mahmoud Ahmadinejad. “Os direitos nucleares iranianos não são negociáveis”, disse hoje o presidente da república islâmica, deitando por terra a última proposta da Agência Internacional de Energia Atómica.

As reacções não se fizeram esperar. Hoje, o ministro russo da Energia anunciou que a central nuclear iraniana de Bouchehr, fruto de uma cooperação entre Moscovo e Teerão, não vai ficar pronta até ao final do ano, como previsto. Já ontem, à margem da cimeira da Apec, em Singapura, Barack Obama insistiu que o tempo está a esgotar-se para resolver a questão através da diplomacia. Também Medvedev admitiu haver outras alternativas para além das negociações. Em Outubro, foi apresentada a Teerão a proposta de enriquecer urânio na Rússia e em França, para ser transformado em combustível nuclear ou utilizado para fins médicos. Mas Ahmadinejad rejeita imposições e defende que as potências ocidentais têm de colaborar com o Irão. Esta segunda-feira, a Agencia Internacional de Energia Atómica entrega aos países da ONU novo relatório sobre o nuclear iraniano.