Última hora

Última hora

GM começa a pagar empréstimo

Em leitura:

GM começa a pagar empréstimo

Tamanho do texto Aa Aa

A General Motors vai começar a pagar o gigantesco empréstimo de mais de 8 mil milhões de dólares que recebeu dos governos dos Estados Unidos e do Canadá.

A notícia foi avançada ao mesmo tempo que o grupo automóvel, ex-número um mundial, publicou as contas do terceiro trimestre, com um um prejuízo de 1,2 mil milhões de dólares e vendas a caír 26%. O presidente Fritz Henderson detalhou o desempenho da GM no período: “As operações internacionais deram lucro no período de 10 de Julho a 30 de Setembro. A Europa teve um prejuízo de cerca de 400 milhões no período, mas as operações na Ásia-Pacífico e na América Latina deram lucros sólidos”. Esta é a primeira apresentação de resultados desde toda a novela Opel. Os trabalhadores da filial europeia, com sede na Alemanha, estão inquietos depois da decisão da GM de manter a posse da construtora, pondo fim ao projecto de vender a um consórcio formado pela canadiana Magna e pelo banco russo Sberbank. O governo alemão está agora dividido sobre se deve, ou não, continuar a ajudar financeiramente a Opel.