Última hora

Última hora

Número dois da Cosa Nostra detido na Sicília

Em leitura:

Número dois da Cosa Nostra detido na Sicília

Tamanho do texto Aa Aa

A polícia italiana deteve o número dois da máfia siciliana.

Domenico Racugglia era procurado há 15 anos pelas autoridades, que o consideravam um dos 30 fugitivos mais perigosos de Itália. Racugllia era procurado por diversos crimes de associação criminosa, incluindo o assassinato de um adolescente filho de um mafioso arrependido. A detenção do dirigente da Cosa Nostra, condenado à revelia pela justiça italiana a três penas de prisão perpétua, foi comemorada por populares mas também por polícias. Segundo as autoridades, o fugitivo foi capturado perto de Trapani, no extremo ocidental da Sicília, tendo de seguida sido levado para Palermo, a capital da ilha. O ministro do Interior de Itália também se congratulou com esta detenção, que considerou um dos mais duros golpes infligidos ao crime organizado no país.