Última hora

Última hora

Pesca do atum vermelho reduzida em 40%

Em leitura:

Pesca do atum vermelho reduzida em 40%

Tamanho do texto Aa Aa

A pesca do atum vermelho vai ser reduzida em 40 por cento e não suspensa provisoriamente.

A decisão foi anunciada este domingo, em Recife, no Brasil, depois da reunião dos 48 países membros da Comissão Internacional para a Conservação dos Tunídeos do Atlântico. O representante da União Europeia, Vincent Grimaud, defende que a posição da organização internacional e dos 27 seguiu os pareceres científicos. “Os especialistas aconselham-nos que os níveis das capturas permitidas sejam entre oito e quinze mil toneladas”, explicou aos jornalistas. As capturas do atum vermelho passam, assim, de 22 000 toneladas, este ano, para 13 500 em 2010, no Oceano Atlântico e no Mar Mediterrâneo. A decisão evita a moratória da pesca do atum vermelho e agradou ao Japão, o principal consumidor, que importa 80% das capturas feitas no Mediterrâneo. Já as organizações ambientalistas apelam à suspensão total, alertando para o risco de extinção da espécie. Mas a hipótese de interdição fica em aberto, no caso de em 2011 os pareceres científicos o aconselharem.