Última hora

Última hora

Diplomacia intensa, para encontrar dois nomes

Em leitura:

Diplomacia intensa, para encontrar dois nomes

Tamanho do texto Aa Aa

As conversas sucedem-se, os telefones não param, mas persistem as divergências, entre os 27.

Falta ainda o consenso que a presidência sueca de turno quer resolver, até à noite desta quinta-feira. Estocolmo está a colocar pressão sobre os estados-membros. Em causa, os dois nomes que vão ocupar os cargos de presidente do Conselho Europeu e ministro dos Negócios Estrangeiros da União. Nem tudo o que parece é, mas os analistas começam a atribuir algum favoritismo ao prtimeiro-ministro belga, para o cargo de Presidente do Conselho Europeu. É o nome que reune mais apoios, mas também alguma oposição, entre a família europeia. Um dos opositores é o primeiro-ministro britânico. Gordon Brown insiste em Tony Blair que parece, cada vez, mais fora da corrida. Difícil está a ser a escolha do futuro chefe da diplomacia europeia. E cada dia surgem novos nomes na imprensa para aumentar a confusão.