Última hora

Última hora

Guias militares julgados na Suiça

Em leitura:

Guias militares julgados na Suiça

Tamanho do texto Aa Aa

Começou o julgamento dos dois guias militares suiços acusados de negligência e homicídio involuntário de seis recrutas, em 2007.

A primeira sessão realizou-se no tribunal militar da cidade suiça de Coira. Os dois homens arriscam uma pena de prisão de três anos, por terem permitido aos recrutas escalar uma montanha, apesar de ter sido anunciado risco de avalancha. Erich Buchs, o pai de uma das vítimas diz que não tem grandes expectativas e que o tribunal militar “deve provar que leva este processo a sério”. Os seis militares, com idades compreendidas entre os 20 e os 23 anos perderam a vida na sequência de uma avalanche no monte Jungfrau, a 90 quilómetros de Berna. “Um drama evitável”, segundo o procurador geral do exército, já que os guias conheciam os riscos. A sentença é conhecida no final da semana.