Última hora

Última hora

Turistas presos no gelo

Em leitura:

Turistas presos no gelo

Tamanho do texto Aa Aa

É aquilo a que se pode chamar de turismo de aventura

Um navio quebra-gelo russo encalhou na Antártida com 105 turistas a bordo, a maioria de nacionalidade britânica. Os passageiros pagaram cerca de 11 mil euros pela viagem e o que não tem faltado são emoções fortes. As autoridades garantem, que a vida dos passageiros e da tripulação não corre perigo. O FESCO como é conhecida a embarcação encalhou entre uma ilha e um maciço de gelo. O objectivo é chegar ao porto de Ushuaia na Argentina, assim, que as condições meteorológicas o permitirem. O armador do navio explica que para prosseguir a viagem é necessária a ajuda do vento, que já começou a soprar, mas adianta, não é suficientemente forte. Os cruzeiros na Antártida são cada vez mais procurados. No ano passado, cerca de 46.000 pessoas visitaram o enclave natural. Os cientistas dizem que as expedições estão a contribuir para a extinção de várias espécies animais.