Última hora

Última hora

Berlusconi nega possibilidade de eleições antecipadas

Em leitura:

Berlusconi nega possibilidade de eleições antecipadas

Tamanho do texto Aa Aa

Sílvio Berlusconi nega a possibilidade de convocar eleições antecipadas. Esta quarta-feira, o chefe de governo italiano sublinhou que vai governar até ao fim da legislatura, em 2013.

A ideia de antecipar eleições foi evocada pelo presidente do Senado, Renato Schifani, numa tentativa de acabar com as divisões do seio do partido do governo. Schifani lembrou que “o dever da maioria é garantir que os eleitos do Parlamento fiquem unidos para aprovar o programa”. O presidente do Senado, próximo de Berlusconi, avisou que “se a unidade não se verificar”, a solução passa por “novas eleições”. De acordo com a imprensa italiana, tratou-se de uma mensagem a Gianfranco Fini, presidente da Câmara dos Deputados de Itália, a quem os media atribuem a intenção de querer suceder ao primeiro-ministro. Uma sondagem publicada ontem no jornal “La Reppubblica” aponta para uma queda histórica da confiança dos italianos em Berlusconi. 230 mil pessoas já assinaram uma petição do autor de “Gomorra”, Roberto Saviano, contra uma reforma judicial que poderá permitir a Berlusconi escapar a condenações de corrupção e de fraude fiscal. As eleições regionais de Março são o próximo teste ao primeiro-ministro.