Última hora

Última hora

Legislativas iraquianas em risco

Em leitura:

Legislativas iraquianas em risco

Tamanho do texto Aa Aa

As eleições legislativas iraquianas agendadas para Janeiro correm o risco de cair por terra

Em causa está o veto do vice-presidente sunita no Parlamento à lei eleitoral. Tareq Al-Hashemi considera que o texto nega representação parlamentar a cerca de quatro milhões de cidadãos, que vivem fora do Iraque O vice-presidente sunita garante que apenas contesta o artigo número um e pede uma lei mais equitativa para todos os cidadãos. O documento vai voltar a ser discutido pelos deputados. Al-Hashim quer ver fixada uma quota de 15 por cento dos assentos parlamentares às minorias e aos iraquianos que vivem no estrangeiro, em vez dos cinco por cento previstos actualmente. Muitos destes iraquianos são muçulmanos sunitas que abandonaram o país durante as lutas inter sectárias. O veto põe não só em causa a realização das legislativas previstas para 21 de Janeiro, mas também o plano de retirada das tropas norte-americanas.