Última hora

Última hora

Van Rompoy, o favorito da Europa

Em leitura:

Van Rompoy, o favorito da Europa

Tamanho do texto Aa Aa

Não parece um dos homens mais poderosos da Europa, mas está no bom caminho para ocupar um cargo histórico.

Herman Van Rompuy é o favorito na corrida para Presidente da União Europeia. As casas de apostas colocam o primeiro-ministro belga de 62 anos como o candidato mais provável, horas antes da nomeação dos líderes dos 27, prevista para hoje. Político experiente e discreto, apesar de desconhecido fora da Bélgica, recolhe o apoio da chanceler alemã e do presidente francês. No poder há pouco menos de um ano, Van Rompuy conseguiu devolver alguma estabilidade ao Reino dos Belgas. Tem ainda a seu favor o facto de ser democrata-cristão e de pertencer ao PPE, em maioria no Parlamento Europeu. “O nosso objectivo não é ser uma estrela na Europa, durante a nossa presidência belga, o nosso objectivo é ter uma Europa mais forte no fim do mandato”, afirmou Van Rompoy. O primeiro-ministro britânico, Gordon Brown não o considera a melhor opção para o lugar que será criado com a entrada em vigor do Tratado de Lisboa, a 1 de Dezembro. Menos bem posicionada na corrida está Vaira Vike-Freiberga, antiga presidente da Letónia. Apelidada de “dama de ferro do Leste”, criticou o facto de não ter havido candidatos oficiais e de todo o processo se ter desenrolado nos corredores do poder. Parece cada vez menos provável que uma mulher possa ocupar a presidência permanente do Conselho Europeu, numa altura em que chovem críticas sobre a parca participação feminina nos cargos de topo europeus. Ontem, membros do Parlamento Europeu pediram um maior número de mulheres nos chamados “top jobs” e esperam que o representante dos Negócios Estrangeiros europeus seja uma mulher.