Última hora

Última hora

Gordon Brown visita vítimas das cheias de Cumbria

Em leitura:

Gordon Brown visita vítimas das cheias de Cumbria

Tamanho do texto Aa Aa

Há mais de mil anos que o Nordeste de Inglaterra não assistia a uma intempérie tão violenta no condado de Cumbria.

Nas últimas horas, o nível das águas começou a descer permitindo aos serviços de emergência trabalhar melhor e aos técnicos avaliar os danos reais nas estruturas da região. No entanto, as previsões climatéricas para os próximos dias não são animadoras: vem aí mais chuva. Entretanto, Gordon Brown visitou os afectados pelas piores cheias de sempre nas ilhas britânicas. O primeiro-ministro deslocou-se até Cumbria para dar algumas palavras de ânimo às vítimas e prestar homenagem ao polícia que morreu apanhado na enxurrada no momento em que cruzava uma ponte. As autoridades falam de várias centenas de refugiados e de um milhar de casas afectadas pela subida repentina das águas. Em Cockermouth, na zona mais atingida, o nível das águas ultrapassou os dois metros e meio de altura, obrigando à evacuação do centro da cidade. É a segunda vez em menos de dois anos que a região é palco de chuvas violentas, vistas como uma consequência do aquecimento global. Em 2007 as inundações tinham afectado mais de 55 mil casas.