Última hora

Última hora

KLM efectua primeiro voo com biocombustível

Em leitura:

KLM efectua primeiro voo com biocombustível

Tamanho do texto Aa Aa

A KLM realizou o primeiro voo experimental de passageiros com recurso a um biocombustível.

A companhia aérea holandesa usou um Boeing 747 da sua frota, com um dos quatro reactores alimentado a 50 por cento por um combustível de origem vegetal. O director da ONG World Wide Fund For Nature (WWF) para a Holanda explica que o potencial de redução das emissões poluentes é de “60 a 80 por cento, em comparação com o combustível convencional, o que significa um grande avanço (…) que não acontece à custa das florestas ou da natureza. O cultivo não compete com a cadeia alimentar”. O Boeing da KLM descolou de Amesterdão com 40 passageiros, incluindo a ministra holandesa da Economia, o patrão da companhia aérea e jornalistas, para um voo de uma hora com regresso ao ponto de partida. O evento serviu também para lançar o consórcio SkyEnergy, aconselhado pela WWF, que pretende tornar viável a produção e comercialização de biocombustível, actualmente com escassa disponibilidade, segundo a KLM.