Última hora

Última hora

Libertação do soldado Shalit discute-se no Cairo

Em leitura:

Libertação do soldado Shalit discute-se no Cairo

Tamanho do texto Aa Aa

Prosseguem as negociações para a libertação do soldado Shalit mas, para já, não há “nem acordo nem decisão”, afirmou Benjamin Nethanyau, primeiro-ministro israelita. Ao mesmo tempo, algumas fontes anunciam ainda para esta semana a libertação de Gilat Sahlit, detido pelo Hamas desde Junho de 2006.

O pai do soldado encontrou-se com o mediador israelita e diz-se desejoso de vero filho de regresso, mas não avançou mais detalhes. “Este é um momento de acção e não de conversa”, disse. As negociações prosseguem, pois, sob mediação alemã e egípcia. Esta segunda-feira, um delegação do Hamas deslocou-se ao Cairo. As partes discutem uma eventual troca de prisioneiros. O Hamas analisa uma lista de entre 350 e 450 prisioneiros palestinianos que Israel poderá libertar, em troca do soldado Shalit. Prisioneiros que também são aguardados com impaciência. As familias dos palestianos detidos por Israel manifestaram-se, esta segunda-feira, em Gaza. Esperam que os seus façam parte da lista proposta ao Hamas.