Última hora

Última hora

Manifestações pelos sem-abrigo percorrem França

Em leitura:

Manifestações pelos sem-abrigo percorrem França

Tamanho do texto Aa Aa

Um alojamento digno para cada cidadão – Foi o que pediram centenas de pessoas, que se juntaram na noite passada na Praça da Bastilha, em Paris, e noutras cidades francesas.

Várias associações contestam as condições em que vivem os sem-abrigo e outras pessoas em situação precária. Uma das associações que mais têm lutado por esta causa é a dos “Filhos de D. Quixote”. Diz Augustin Legrand, desta colectividade: “Há três milhões de pessoas a viver em barracas, roulottes, casas insalubres e até em carros”. Outra associação, o “Colectivo pelos Mortos da Rua”, afixou os nomes das pessoas que morreram na rua, nos últimos anos, vítimas da falta de condições: “Em 2008, houve perto de 400 mortes. No que toca a 2009, houve, até agora, 310 mortes, incluindo muitas mortes violentas, por acidente, suicídio, e por vezes agressão”, segundo Cécile Rocca, deste colectivo. A chegada do tempo mais frio desperta sempre a atenção para o problema dos sem-abrigo. Apesar da extensa rede de alojamento de emergência posta à disposição pelo Estado e pelas organizações de solidariedade, há ainda muita gente a dormir em condições consideradas sub-humanas.