Última hora

Última hora

Teerão pressegue Nobel da Paz

Em leitura:

Teerão pressegue Nobel da Paz

Tamanho do texto Aa Aa

Teerão desmentiu a acusação da Noruega de ter confiscado o Prémio Nobel da Paz à advogada e activista Shirin Ebadi e emitiu um «protesto» contra Oslo.

Um porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros iraniano, Ramin Mehmanparast, ter confirmado implicitamente o bloqueio à conta bancária da activista dos direitos humanos, ao evocar a sua «recusa em pagar impostos». A activista iraniana dos direitos humanos revelou que as autoridades de Teerão lhe confiscaram a medalha e o diploma recebidos quando foi premiada com o Nobel da Paz em 2003. Objectos foram retirados de um cofre pessoal num banco em Teerão há cerca de três semanas, o que a Noruega avaliou como um acto “chocante e inacreditável”. O responsável diplomático do Irão em Oslo foi chamado para lhe ser manifestada “apreensão” face à “perseguição” de que está a ser alvo o marido de Shirin Ebadi, que terá sido detido em Teerão e violentamente espancado.