Última hora

Última hora

Commonwealth pressiona para acordo em Copenhaga

Em leitura:

Commonwealth pressiona para acordo em Copenhaga

Tamanho do texto Aa Aa

Os líderes da Commonwealth pediram empenho internacional para assegurar a definição de um acordo na conferência da Organização das Nações Unidas em Copenhaga, e a criação de um fundo para ajudar os países mais pobres a cumpri-lo.

Os 53 países membros da Comunidade Britânica assinaram uma declaração comum sobre a mudança climática, que será apresentada na cimeira sobre o clima.
 
Kevin Rudd, primeiro-ministro da Austrália, considerou que como a Commonwealth representa um terço da população mundial é já tempo de promover a acção a favor do clima”.
 
O grupo defende que um acordo seja adoptado no máximo até o próximo ano e, ao mesmo tempo, pede recursos da ordem dos dez mil milhões de dólares a partir de 2012.
 
O primeiro-ministro dinamarquês afirma que a proposta é muito concreta e propõe uma solução para os problemas que irão surgir no futuro. O factor económico é um ângulo importante nas negociações que pode levar a um acordo em Copenhaga”.
 
Segundo a proposta pelo menos 10% dos recursos desse fundo deverão ser destinados às pequenas ilhas, que estão mais sujeitas ao risco de catástrofes em função do aquecimento global como inundações ou secas extremas e desertificação.