Última hora

Última hora

Parlamento iraniano quer distanciar-se da AIEA

Em leitura:

Parlamento iraniano quer distanciar-se da AIEA

Tamanho do texto Aa Aa

O Irão está em vias de se afastar ainda mais da comunidade internacional para a resolução do impasse em torno do seu programa nuclear.

Este domingo o parlamento iraniano instou o governo de Mahmoud Ahjmadinejad a apresentar um plano para reduzir substancialmente a cooperação com a Agência Internacional de Energia Atómica. A movimentação ocorre dois dias depois do organismo das Nações Unidas ter condenado, em votação, o facto da nação persa ter ocultado uma central de enriquecimento de urânio, nos arredores da cidade de Qom. A resolução da AIEA foi aprovada com 25 votos a favor, 3 contra e seis abstenções. Habitualmente mais clementes com Teerão, a Rússia e a China votaram ao lado dos parceiros ocidentais do chamado grupo dos seis – Estados Unidos, França, Grã-Bretanha e Alemanha. Um indicador da posição de Pequim e Moscovo num eventual voto de reforço das sanções contra o Irão no conselho de segurança da ONU.