Última hora

Última hora

Nova estratégia americana para o Afeganistão

Em leitura:

Nova estratégia americana para o Afeganistão

Tamanho do texto Aa Aa

Os Estados Unidos anunciam, esta terça-feira, a nova estratégia para o reforço do dispositivo militar americano no Afeganistão.

O presidente americano Barack Obama pretende que esta nova acção se faça de forma faseada. A nova estratégia incluiu um reforço militar estimando entre 30 a 35 mil homens, o que revela a urgência de mostrar resultados no terreno. Washington espera que o envio de tropas esteja concluído no prazo de 12 a 18 meses. No Afeganistão existem actualmente 68 mil soldados americanos e segundo os analistas a nova estratégia inclui mais de 30 a 40 mil militares. Com esta decisão, Obama procura que os outros aliados lhe sigam o exemplo. O primeiro-ministro britânico Gordon Brown foi o primeiro: “Tendo em conta as forças especiais e as tropas de apoio, e conforme o aumento anunciado hoje, vamos ter no Afeganistão mais de dez mil homens.” O governo britânico envia mais 500 efectivos. Estas tropas vão marcar presença na província de Helmand. Se tudo correr como prevê a Casa Branca, as tropas americanas regressam a casa em 2018. Dezassete anos depois do início da guerra.