Última hora

Última hora

Polícia russa segue suspeitos do atentado ao Nievski Express

Em leitura:

Polícia russa segue suspeitos do atentado ao Nievski Express

Tamanho do texto Aa Aa

A polícia russa está a seguir pistas para capturar, pelo menos, dois suspeitos do atentado ao comboio “Nievski Express”, que matou 26 pessoas, há quatro dias.

Os investigadores descobriram uma casa, perto do local do acidente, onde os suspeitos terão preparado o atentado. Entretanto foi divulgado um retrato robot de um homem na casa dos 35/40 anos. Outro suspeito entre os 30 e 35 anos, de aparência desportiva, também está a ser procurado. O comboio rápido “Nievski Express” circulava entre Moscovo e São Petersburgo a 200 km hora e descarrilou na sequência da explosão de uma bomba. No final da reunião com o chefe do gabinete que investiga o atentado, Viktor Zubkov, o primeiro-ministro Putin referiu que a solução passa por trabalhar mais na prevenção e esta é a tarefa das autoridades criminais e dos órgãos de segurança.” Nesta gare de Moscovo, as mensagens de solidariedade multiplicam-se. O descarrilamento do comboio provocou 26 mortos e quase uma centena de feridos. Este acidente tornou-se num dos mais mortíferos dos últimos 5 anos, na Rússia