Última hora

Última hora

Ahmadinejad: Irão vai enriquecer urânio a 20 por cento

Em leitura:

Ahmadinejad: Irão vai enriquecer urânio a 20 por cento

Tamanho do texto Aa Aa

O Irão vai produzir todo o urânio enriquecido a 20 por cento de que tiver necessidade. Uma nova declaração provocatória de Mahmud Ahmadinejad, durante uma deslocação a Ispahan, onde Teerão desenvolve uma parte do polémico programa nuclear.

O presidente iraniano frisou também que considera a questão como “encerrada” e que o seu país “não fará concessões a ninguém”. Ahmadinejad acusou ainda a “Agência Internacional de Energia Atómica de aprovar uma resolução ilegal e injusta contra o Irão, sob pressão de alguns países superficialmente poderosos”, e acrescentou que Teerão “não teme” esses países, “nem os seus aliados”. A AIEA votou na sexta-feira uma resolução que condena as actividades nucleares iranianas, nomeadamente a existência de uma segunda central de enriquecimento de urânio em Frodo, desconhecida até Setembro último. O voto foi apoiado pela Rússia e pela China, países até recentemente próximos de Teerão. No Domingo, Ahmadinejad respondeu com a intenção de construir dez novas centrais para o mesmo fim.