Última hora

Última hora

Catherine Ashton uma prova de fogo no Parlamento Europeu

Em leitura:

Catherine Ashton uma prova de fogo no Parlamento Europeu

Tamanho do texto Aa Aa

O belga Herman Van Rompuy espera pela sua entrada em cena, como Presidente do Conselho Europeu, em Janeiro. Mas Catherine Ashton, já passou pela sua primeira prova de fogo.

A Alta Representante para a Política Externa e de Segurança Comum da UE defendeu hoje, no Parlamento Europeu, a sua capacidade para ocupar o cargo. No hemiciclo tentou responder aos que criticam a sua nomeação por considerarem, entre outras coisas, que tem falta de experiência e que poderá vir a colocar os interesses nacionais a cima dos europeus. Catherine Ashton diz que foi escolhida pelos 27 chefes de governo. Em relação a experiência e qualificações reconhece que há pessoas com uma grande experiência e afirma que tenciona usá-la se o puder fazer. A britânica respondia em particular a Charles Tannock mas as suas palavras não convenceram o eurodeputado. Segundo Tannock as respostas que Catherine Ashton deu às suas questões técnicas e detalhadas sobre política externa e de segurança foram fracas. Acrescenta que as expectativas que tem, em relação a Catherine Asthon, são baixas e que, por isso talvez ela consiga surpreendê-lo. A nova responsável pela diplomacia europeia, sucessora de Javier Solana, promete não ser uma extensão do governo britânico. Aos 53 anos, começa uma nova etapa com a entrada em vigor do Tratado de Lisboa.