Última hora

Última hora

Aliados vão enviar mais 7000 soldados para Afeganistão

Em leitura:

Aliados vão enviar mais 7000 soldados para Afeganistão

Tamanho do texto Aa Aa

Os países aliados carimbaram o pedido de Washington e vão reforçar a presença no Afeganistão.

Cerca de 7.000 homens suplementares vão juntar-se aos 30.000 soldados norte-americanos na luta contra os talibã. A confirmação chegou no segundo dia da reunião dos ministros dos Negócios Estrangeiros da NATO, em Bruxelas. A Casa Branca já se congratulou com a decisão. O secretário-geral da Nato acredita no êxito da missão, mas pede tempo, adiantando, que para vencer são necessários recursos e uma estratégia, e que neste caso, estão reunidos os dois ingredientes. Em 2010 a ISAF no Afeganistão, comandada pela NATO vai passar a contar com pelo menos mais 37 000 soldados. No total, 140.000 homens vão estar no terreno. Para o ministro dos Negócios Estrangeiros afegão, o reforço da presença militar é crucial para vencer o terrorismo, para isso, acrescenta, é necessária maior protecção. O consenso alcançado em Bruxelas coincide com uma nova ofensiva lançada esta sexta-feira contra os insurgentes em Helmand, no sul do país. A operação envolve norte-americanos, britânicos e polícias afegãos.