Última hora

Última hora

Cimeira entre UE e Ucrânia não trás novidades

Em leitura:

Cimeira entre UE e Ucrânia não trás novidades

Tamanho do texto Aa Aa

A décima terceira cimeira entre a União Europeia e a Ucrânia não trouxe grandes progressos.

UE e Kiev estão ainda longe de finalizar um Acordo de Associação. O presidente ucraniano responsabiliza a “reforma da UE”, o governo e o parlamento do seu país por este fracasso. Mas a grande questão é o gás natural. 80 por cento do consumido na União Europeia passa pela Ucrânia. O presidente ucraniano garante que não haverá uma repetição da crise de gás este Inverno. Mas a União Europeia está preocupada. Fredrik Reinfeld, fez questão de frisar que o maior interesse dos consumidores na Europa é que haja uma previsibilidade em relação ao transporte de gás natural. Viktor Iuschenko afirma que a missão ucraniana consiste em garantir de forma permanente o fornecimento de gás russo à Europa. Acrescenta que a discussão sobre o gás não foi fácil mas garante que o fornecimento de gás à Europa será feito segundo os princípios e normas europeias. Viktor Iuschenko reconhece que o governo da Ucrânia não cumpriu, totalmente, os compromissos de cooperação com as organizações financeiras internacionais e que isso se reflectiu negativamente no processo de preparação do Acordo. Iuschenko promete que as eleições presidenciais de 17 de Janeiro, serão “limpas” e “democráticas”.