Última hora

Última hora

140 mil soldados estrangeiros no Afeganistão em 2010

Em leitura:

140 mil soldados estrangeiros no Afeganistão em 2010

Tamanho do texto Aa Aa

Oito anos depois do início da ofensiva contra os talibãs, os países da NATO e os parceiros da Aliança Atlântica comprometem-se a enviar mais reforços para o Afeganistão.

Mas, esta sexta-feira, o departamento de Estado norte-americano indicou esperar que, num futuro próximo, o número de soldados suplementares seja superior aos sete mil anunciados. Até porque nestes valores estão incluídas equipas já no terreno que afinal não vão retirar como previsto. Depois do anúncio de Obama do envio de mais trinta mil efectivos, os países da Aliança Atlântica respondem com sete mil homens suplementares. Feitas as contas, em 2010 haverá um total de 140 mil soldados no terreno. Portugal vai participar com 150 efectivos. França e Alamanha estão mais reticentes e remetem a decisão para fim de Janeiro. O segundo dia da reunião dos ministros dos Negócios Estrangeiros da NATO, em Bruxelas, coincidiu com uma grande operação militar, em Helmand, no sul do Afeganistão, para cortar as linhas de abastecimento dos talibãs.