Última hora

Última hora

Bolívia: Projecções dão esmagadora vitória a Evo Morales

Em leitura:

Bolívia: Projecções dão esmagadora vitória a Evo Morales

Tamanho do texto Aa Aa

A Bolívia já festeja a reeleição de Evo Morales nas presidenciais. Os resultados definitivos só devem ser conhecidos amanhã, mas todas as projecções dão a vitória ao chefe de Estado, com mais de 60 por cento dos votos.
 
Morales proclamou a vitória num escrutínio onde o seu partido, o MAS, alcançou também uma confortável maioria nas duas câmaras do congresso.
 
O chefe de Estado reeleito anunciou que a vitória não foi apenas dos bolivianos. Foi um “reconhecimento dos presidentes, governos e povos anti-imperialistas”.
 
Morales, um pilar da esquerda sul-americana e o primeiro índio a ser eleito presidente da Bolívia terá conseguido mais 40 pontos percentuais que o principal opositor. Manfred Reyes Villa, um ex-militar e governador regional, alinhado com os Estados Unidos, ficou-se pelos 23 a 25% dos votos.
 
Evo Morales já sonha com um terceiro mandato em 2015, depois da alteração da Constituição, em Janeiro passado. A oposição fala de despotismo e afirma que o chefe de Estado se quer eternizar no poder.
 
Morales chegou ao cargo em Janeiro de 2006, quando a Bolívia era o país mais pobre da América do Sul.