Última hora

Última hora

Cimeira de Copenhaga divide participantes

Em leitura:

Cimeira de Copenhaga divide participantes

Tamanho do texto Aa Aa

A cimeira de Copenhaga abriu esta segunda-feira sob o signo da esperança para uma resposta global às mudanças climatéricas.

1.200 delegados do mundo inteiro estão na capital dinamarquesa para tentar encontrar um consenso que se adivinha difícil. Os países europeus mostram-se divididos sobre a oportunidade de rever a promessa de emissões de gás com efeito de estufa de 20 a 30% até 2020, mesmo que Copenhaga resulte num acordo. Por seu lado, um grupo de países emergentes responsáveis por 30% das emissões globais de carbono que e que inclui o Brasil, a China, a índia e a África Do Sul, alinhavaram um documento que prevê a assinatura de um tratado sobre o clima até Junho de 2010. Alheios às grandes jogadas de bastidores, os representantes dos menos poderosos pressionam como podem. “Precisamos de um acordo que seja justo para os mais pobres e para as nações que tenham tido pouco ou nada a ver com o assunto, mas que estejam entre as mais afectadas. Precisamos de um acordo que garanta um planeta seguro para todos os povos e nações”, afirmou Leah Wickaham, uma activista das Ilhas Fiji.