Última hora

Última hora

Al-Qaida reivindica sequestro de espanhóis na Mauritânia

Em leitura:

Al-Qaida reivindica sequestro de espanhóis na Mauritânia

Tamanho do texto Aa Aa

O governo espanhol considera credível a reivindicação da Al-Qaeda no Magrebe sobre o rapto de três voltuntários espanhóis.

O sequestro dos três funcinários da ONG Barcelona Ação Solidária, deu-se a 29 de Novembro quando transportavam material de ajuda num comboio formado por 13 veículos que se dirigia para Dacar, capital do Senegal.

Movimento Terrorista Al-Qaeda no Magrebe Islâmico reivindicou o rapto de três agentes humanitários espanhóis na Mauritânia e dum francês no norte do Mali, numa cassete divulgada terça- feira de manhã pela cadeia por satélite “Al Jazira”.

Nos últimos anos, o território mauritano foi palco de vários atentados terroristas que evoluiram para ataques contra posições do Exército, assassinatos de turistas, atentados suicidas e raptos de ocidentais.

As autoridades da Mauritânia negam ter localizado os três trabalhadores humanitários desmentindo assim notícias de que a libertaçao estaria a ser negociada.