Última hora

Última hora

Atentados no Iraque não alteram calendário americano

Em leitura:

Atentados no Iraque não alteram calendário americano

Tamanho do texto Aa Aa

A vaga de atentados que ontem abalou Bagdad não altera, em nada, o calendário, garante o Pentágono. Os 115 mil soldados norte-americanos não vão retirar do terreno antes das eleições de Março próximo.

É importante manter o apoio ao governo iraquiano, explica o general Raymond Odierno, comandante da força multi-nacional: “É importante que as forças de segurança iraquianas garantam a segurança do povo. O combate às bombas suicidas é difícil. Mas as forças iraquianas estão a trabalhar bem e vamos continuar a apoiá-las.”

Os cinco atentados com carros armadilhados, que deflagraram, quase simultaneamente, em cinco pontos da capital, fizeram do dia de ontem o segundo mais sangrento desde o início do ano, com 127 mortos e cerca de meio milhar de feridos.

Os atentados visam reacender o conflito entre xiitas e sunitas, analisa o almirante Michael Mullen, chefe de Estado-Maior norte-americano. Mas o governo iraquiano tem conseguido evitar isso e, portanto, tem de continuar a ser apoiado, afirma.