Última hora

Última hora

Corte do "rating" da S&P gera descida generalizada nas bolsas

Em leitura:

Corte do "rating" da S&P gera descida generalizada nas bolsas

Tamanho do texto Aa Aa

O dia terminou com descidas na grande maioria das bolsas da Europa.

Lisboa, Madrid e Bruxelas foram as praças mais penalizadas. O IBEX 35 madrileno terminou o dia a caír mais de 2%, por culpa dos bancos. A Standard & Poors cortou o “rating” de vários países europeus -Portugal, Espanha, Irlanda, Grécia e Bélgica, o que causou uma razia nas bolsas.

O PSI 20, da Euronext Lisboa, fechou a descer 1,8%. Os três títulos da banca, BCP, BES e BPI fecharam todos com descidas a rondar os 4%. A EDP, com uma ligeira subida, foi o único papel a escapar ao vermelho.

As bolsas de Paris, Frankfurt e Londres fecharam com descidas mais suaves que o resto da Europa.

No mercado cambial, o euro ronda 1,47 dólares.