Última hora

Última hora

Fãs de Johnny Hallyday agridem médico que o operou

Em leitura:

Fãs de Johnny Hallyday agridem médico que o operou

Tamanho do texto Aa Aa

A última digressão da estrela do rock francês, Johnny Hallyday, está a ser marcada por grandes sustos para os fãs. Um deles, Nicolas Sarkozy, apressou-se a dizer aos jornalistas que tem confiança na recuperação do cantor.

Johnny Hallyday está em coma artificial num hospital de Los Angeles, mas a sua situação já estabilizou. Amigos famosos, como o cantor Charles Aznavour, rumam ao centro Cedars Sinai de Beverly Hills para o visitar. O internamento surge depois de uma operação a uma hérnia discal em Paris. A cirurgia provocou uma infecção e o produtor de Johnny Hallyday não hesitou em culpar o médico e em qualificar a operação de “massacre”. As declarações provocaram a ira dos fãs que saíram à rua para dar uma “lição” ao doutor Stéphane Delajoux. Esta sexta-feira à noite, o cirurgião foi violentamente agredido por dois indivíduos encapuzados. A carreira do cantor é associada ao sucesso, aos tapetes vermelhos e às Harley Davidson. Mas este ano, Johnny Hallyday foi submetido a uma outra cirurgia devido a um cancro do cólon e passou vários dias internado após uma queda no iate. Os fãs estão preocupados já que se trata-se de um ícone vivo do imaginário francês. No último Festival de Cannes, tentou relançar a carreira cinematográfica com “Vengeance”, do realizador Johnny To. Um filme que serviu simplesmente para alimentar e rejuvenescer o mito, com 66 anos.