Última hora

Última hora

Manifestação em Madrid pela defesa do emprego

Em leitura:

Manifestação em Madrid pela defesa do emprego

Tamanho do texto Aa Aa

Dezenas de milhares de pessoas desfilaram este sábado pelas ruas da capital espanhola.

Espanha é um dos países europeus mais afectados pela crise económica. A taxa de desemprego ronda os 18%. Para o líder dos comunistas, Cayo Lara, a manifestação é uma crítica ao governo socialista: “Zapatero tem que perceber que não está no país das maravilhas, que está num país com muitos problemas e que não está a propor as soluções necessárias para encontrar uma saída para a crise que tenha em conta as ideias da esquerda”. O governo de Zapatero quer reestruturar o mercado de trabalho, na linha do modelo alemão, e dirigir o país para uma economia sustentável. O ministro das infra-estruturas, José Blanco, apela à união e afirma que é necessário o “esforço de todos e o diálogo social para conseguir mais empregos”. Para 2010, o governo espanhol prevê um défice de 8,1 por cento enquanto a dívida pública deverá rondar os 62% do PIB.