Última hora

Última hora

Ministro do Petróleo diz que Iraque pode atingir doze milhões de barris por dia

Em leitura:

Ministro do Petróleo diz que Iraque pode atingir doze milhões de barris por dia

Tamanho do texto Aa Aa

Segundo dia do leilão para concessões de campos de petróleo no Iraque. Um dos mais importantes, West Qurna, foi atribuído ao consórcio composto pelo russo Lukoil e pelo norueguês StatoilHydro. O grupo compromete-se a produzir 1,8 milhões de barris por dia, a 1,15 dólares por barril. Fora da corrida ficaram a francesa Total, a malaia Petronas ou a chinesa CNPC.

O ministro iraquiano do petróleo anunciou, este sábado, que, graças aos contratos assinados, o país pode atingir os 12 milhões de barris por dia. O que o transformaria num sério concorrente do número um mundial de crude: a Arábia Saudita produz 12,5 milhões. West Qourna, no sul do Iraque, é um dos maiores campos para explorar o ouro negro. O campo de Narraf, no centro, foi atribuído ao consórcio composto pela malaia Petronas e pelo nipónico Japex. O campo de Bagdade-Este ainda não foi atribuído. O leilão decorre dias depois de uma série de atentados na capital, que fez 127 mortos. No total há dez campos em leilão e 44 empresas estrangeiras interessadas.