Última hora

Última hora

Polémica na Alemanha sobre ataque no Afeganistão

Em leitura:

Polémica na Alemanha sobre ataque no Afeganistão

Tamanho do texto Aa Aa

Polémica na Alemanha em torno do ataque do exército alemão em Kunduz no Afeganistão.

Vários meios de comunicação social alemães revelam que o objectivo do raide aéreo que causou a morte a cento e trinta e sete pessoas era matar dirigentes talibãs. Um propósito que viola o mandato alemão no território. Inicialmente, Berlim afirmou que o ataque ordenado pelo coronel George Klein visou defender tanques de combustível. Mas o ministro da defesa, que na altura classificou o bombardeamento como “adequado do ponto de vista militar” foi obrigado a rever a posição e considera agora que se tratou de uma “reacção desporporcionada”. Durante uma visita surpresa ao Afeganistão Karl Theodor zu Guttenberg mostrou-se favorável à abertura de um inquérito parlamentar sobre o ataque de Kunduz. Um representante das famílias das vítimas já esteve em Berlim para negociar compensações.