Última hora

Última hora

Manifestantes regressam às ruas de Copenhaga

Em leitura:

Manifestantes regressam às ruas de Copenhaga

Tamanho do texto Aa Aa

Copenhaga volta a ser palco do protesto dos ambientalistas.

Manifestantes de todo o mundo reuniram-se este domingo, na capital dinamarquesa, para pedir um acordo climático ambicioso. O protesto degenerou em violência. A polícia deteve duzentos manifestantes. Ontem as acções de rua reuniram dezenas de milhares de pessoas. Mil foram detidas e entretanto libertadas à excepção de treze activistas. A conferencia climática das Nações Unidas reúne representantes de 192 países que deverão negociar uma estratégia de combate ao aquecimento global. Este Domingo os ministros do ambiente reuniram-se informalmente, os debates recomeçam amanhã. Durante a tarde, a família real dinamarquesa marcou presença numa cerimónia na catedral de Copenhaga. Pouco depois, igrejas de todo mundo tocaram os sinos 350 vezes. No centro de Copenhaga, o arcebispo Desmond Tutu e prémio Nobel da Paz sul-africano entregou uma petição ao chefe da cimeira das Nações Unidas. O documento apela a um maior esforço dos líderes mundiais para combater as alterações climáticas. As negociações ficam marcadas pelo desacordo entre a China e os Estados Unidos, dois dos maiores poluidores mundiais. A cimeira encerra entre quinta e sexta-feira com a chegada dos chefes de Estado.