Última hora

Última hora

Manifestantes em Copenhaga exigem abertura das fronteiras aos refugiados climáticos

Em leitura:

Manifestantes em Copenhaga exigem abertura das fronteiras aos refugiados climáticos

Tamanho do texto Aa Aa

“Ninguém é ilegal!” A faixa é envergada pelos manifestantes que não tiveram direito de entrar no Bella Center e protestaram, esta segunda-feira, nas ruas de Copenhaga.

A manifestação foi convocada pela organização não-governamental “Climate No Borders” e teve como objectivo exigir a abertura das fronteiras aos chamados refugiados climáticos.

Os ânimos aqueceram um pouco quando os manifestantes tentaram arrastar pelas ruas da capital dinamarquesa um balão gigante.

De acordo com os organizadores, duas mil pessoas participaram no protesto. A polícia dinamarquesa fala de metade.

Em número muito inferior, mas bem mais criativos, vários manifestantes puderam protestar no interior do Bella Center onde decorre a cimeira. Um dos manifestantes relembrou que “já só faltam cinco dias para salvar o planeta, para salvar os seres humanos. Há milhões de pessoas que morrem todos os dias.”

Apesar dos apelos e das exigências dos manifestantes, as negociações entre países ricos e países em vias de desenvolvimento parecem estar muito longe de um entendimento.