Última hora

Última hora

Países em desenvolvimento batem com a porta em Copenhaga

Em leitura:

Países em desenvolvimento batem com a porta em Copenhaga

Tamanho do texto Aa Aa

Em Copenhaga, os países pobres bateram com a porta. Neste primeiro dia de reuniões ministeriais sobre o clima, os países africanos, apoiados pelos países em desenvolvimento do G77, suspenderam a participação nos grupos de trabalho sobre a luta contra as mudanças climáticas.

Os bloqueios entre países ricos e países pobres acentuaram-se, nos últimos dias. As divergências situam-se, sobretudo, ao nível da partilha das responsabilidades.

Os europeus querem avançar para uma redução de 30% dos gases com efeito de estufa, como propõe o ministro britânico da tutela – em vez dos 20% actualmente previstos -, mas precisam da boa vontade dos outros países.

Perante tantos bloqueios, e enquanto os activistas alertam para a urgência de medidas, os africanos querem prolongar o Protocolo de Quioto para além de 2012. Quioto – apesar de nunca ter sido ratificado pelos Estados Unidos -, defendem, é a única ferramenta legal actualmente em vigor para salvar o clima.