Última hora

Última hora

Em leitura:

Manifestações em Copenhaga


Mundo

Manifestações em Copenhaga

Foram manifestações como esta que contribuiram para que as alterações climáticas entrassem para as agendas noticiosas.
Milhares de pessoas a exigirem a redução das emissões de carbono para a atmosfera, dificilmente podem ser ignoradas.

Queremos apoiar os líderes na tomada de decisões audaciosas, maiores que as que eles ousam tomar.

Esta é a expressão de populações, de gente do povo. Se não for tomada em conta, acho que continuaremos a agir.

Manifestações como a que aconteceu no passado sábado, não são improvisadas.
Reunir tantos activistas no mesmo local e à mesma hora exige um longo e cuidadoso planeamento.

Este é Jorn Andersen, um dos principais personagens por trás dos cartazes.
Manter o movimento aberto é fundamental.

Queremos que isto seja um convite a todas as pessoas que não pertençam a organizações. Se queremos fazer algo pelas alterações climáticas, precisamos de mais pessoas do que os suspeitos habituais.
Este movimento tem de ser aberto, e convidar toda agente que queira fazer parte dele, a vir e discutir como podemos continuar a partir daqui. Este é um processo que se vai desenrolar durante os próximos meses ou anos.

Frida Eklund é da Oxfam.

A sua organização é uma das muitas que mobilizam todas as suas energias para a cimeira de Copenhaga.
Perante a diversidade dos grupos e das acções, é necessário manter a mensagem bem clara.

Os dias de acção global foram muito importantes para organizar tudo isto e ter a certeza que as pessoas se reunem em torno de momentos chave.
No dia 12 de Dezembro existem 136 países
envolvidos em 2700 eventos, o que é óptimo.
Também é importante avançarmos todos na mesma direcção, ter uma estratégia de campanha definida e saber qual a mensagem que queremos transmitir.

Esta manifestação foi uma das maiores até agora levadas a cabo.
Manterem-se unidos e serem pacíficos, é essencial para que a mensagem dos manifestantes seja clara.
E seja qual for o resultado da cimeira, os cartazes não serão baixados até a batalha estar ganha.

Escolhas do editor

Artigo seguinte
Cimeira de Copenhaga arranca esta segunda-feira

Focus COP15

Cimeira de Copenhaga arranca esta segunda-feira