Última hora

Última hora

Clima: mais de 230 detidos nas imediações da cimeira de Copenhaga

Em leitura:

Clima: mais de 230 detidos nas imediações da cimeira de Copenhaga

Tamanho do texto Aa Aa

Copenhaga vive hoje momentos de grande tensão, à margem do impasse nas negociações sobre o Clima.

Mais de 230 pessoas foram detidas esta manhã nas imediações do Bella Center de Copenhaga, onde decorre a cimeira mundial sobre as alterações climáticas.

A intervenção policial, com recurso a gás lacrimogéneo, aconteceu depois de centenas de manifestantes terem tentado passar a barreira de segurança de seis quilómetros que rodeia o local.

A acção de protesto foi convocada pelo movimento Climate Justice Action sob o lema “Reclamar o poder”.

O objectivo era reunir uma “assembleia popular” na entrada do Bella Center, juntamente com representantes de ONGs e movimentos sociais excluídos das negociações de Copenhaga.

Respondendo ao apelo, cerca de dois mil manifestantes marcharam na capital dinamarquesa.

As autoridades locais anunciaram ao fim da manhã que o protesto tinha oficialmente terminado, mas muitos dos manifestantes continuavam reunidos junto à barreira policial, registando-se incidentes esporádicos.

Cerca de 200 delegados, muitos dos quais provenientes de países em desenvolvimento, também elevaram a voz de protesto no interior do Bella Center.

Estes manifestantes atravessaram o local da cimeira acompanhados por um cordão policial para se unirem depois ao protesto no exterior do edifício.