Última hora

Última hora

Aminatou Haidar regressou a casa

Em leitura:

Aminatou Haidar regressou a casa

Tamanho do texto Aa Aa

A militante do Saara ocidental deixou a ilha de Lanzarote a bordo de um avião médico depois de um mês de greve de fome. Uma viagem que põe fim ao braço-de-ferro entre Madrid e Rabat.

Antes de embarcar com destino a El Ayoun, Haidar sublinhou que venceu a causa contra as autoridades marroquinas.

A militante de 42 anos – que luta pela independência do Saara Ocidental – considerou que o regresso é “uma vitória para os direitos internacionais para os direitos humanos, para a justiça e para a causa do povo do Saara”.

Haidar foi expulsa de El Ayoun a 14 de Novembro, quando regressava dos Estados Unidos, onde foi receber o Prémio Coragem Cívica da Train Foundation.