Última hora

Em leitura:

"Eixo bolivariano" bloqueia acordo


Focus COP15

"Eixo bolivariano" bloqueia acordo

Em parceria com

A discussão em Copenhaga, durante a noite, foi acesa. O acordo entre países como os Estados Unidos ou a China foi rejeitado por várias partes. Inicialmente, revoltaram-se países ameaçados pela subida do nível do mar. Foi o caso de Tuvalu, um pequeno arquipélago no Pacífico.

Tal como outros Estados, como as Maldivas, Tuvalu corre o risco de desaparecer do mapa. Está apenas 4,5 metros acima do nível do mar.

A oposição vem também do chamado “eixo bolivariano” A delegada venezuelana tomou a decisão radical de fazer um corte na mão, contra um alegado monopólio da palavra por parte de alguns países.

Disse Claudia Salerno: “Sr. Presidente, será que um país soberano tem que sangrar para poder ter o direito à palavra, porque o senhor não quer ouvir o que se está aqui a passar? Esta mão está a sangrar e quer falar. Tem os mesmos direitos que todos esses a quem chama um grupo representativo de líderes”.

Estes países dizem que o acordo alcançado entre os principais poluidores do planeta não ajuda a resolver o problema do aquecimento global.

Artigo seguinte

Focus COP15

Sudão compara declaração sobre o clima ao Holocausto