Última hora

Última hora

Iraque contesta ocupação de poço de petróleo na fronteira com o Irão

Em leitura:

Iraque contesta ocupação de poço de petróleo na fronteira com o Irão

Tamanho do texto Aa Aa

Bagdade e Teerão reclamam a propriedade de um poço petrolífero numa zona fronteiriça contestada, naquele que é o primeiro incidente sério entre os dois países desde a queda de Saddam Hussein.

O Iraque acusa o Irão de ter ocupado ontem uma exploração de petróleo no sudeste do seu território.

Um residente de Bagdade diz que “não é estranho que o Irão tenha feito isto”, já que “o sangue iraquiano tornou-se tão barato e o território tão fácil de transgredir”.

Outro condena o acto, defendendo que se trata da “riqueza petrolífera” iraquiana, necessária para o país. E sublinha que os iranianos querem “tirá-la à força”, o que é inaceitável.

Teerão reconhece ter militares e técnicos num poço da região de Maysan reclamado pelo Iraque, mas rejeita uma “ocupação”, afirmando que se trata de território iraniano. A exploração, aberta pelo Iraque em 1974 tem uma reserva estimada em mais de mil e quinhentos milhões de barris de petróleo.

Os dois países deveriam abrir em Janeiro discussões para delimitar fronteiras comuns há muito contestadas.