Última hora

Última hora

Eurostar mantém suspensão de serviços

Em leitura:

Eurostar mantém suspensão de serviços

Tamanho do texto Aa Aa

O serviço da linha ferroviária que une Londres, Bruxelas e Paris sob o Canal da Mancha continuará suspenso por tempo indeterminado.

A informação foi avançada pela Eurostar, que está a tentar apurar as causas das avarias de cinco comboios devido ao mau tempo.

Segundo a empresa, os dois dias de perturbações bloquearam até ao momento 24 mil viajantes.

Na estação de Saint Pancras, em Londres, este homem explica que demorou “entre 14 e 28 horas para chegar aqui desde França, o que foi bastante difícil”.

Outra passageira diz que “foi horrível. A Eurostar não apresentou qualquer desculpa, simplesmente agradeceu a paciência [dos viajantes]”.

Mais de duas mil pessoas passaram a noite bloqueadas no Eurotúnel, muitas sem comida, água ou aquecimento, o que motivou cenas de tensão e desespero. Muitos passageiros denunciaram uma total falta de informação.

O director-executivo da Eurostar disse que a empresa está a “oferecer o reembolso total da viagem, um bilhete grátis – caso os passageiros decidam usufruir da regalia – e uma indemnização de 150 libras”, cerca de 170 euros. “Um gesto razoavelmente generoso de desculpas”, defende Richard Brown, “para dizer que [a Eurostar] lamenta ter desiludido” os passageiros.

A empresa acredita que a causa mais provável para as avarias é a mudança brusca de temperatura entre o frio no norte de França – acentuado pela elevada velocidade dos comboios – e as condições mais quentes no interior do túnel, que poderá ter afectado os sistemas eléctricos.