Última hora

Última hora

Líbano quer "relações privilegiadas e sinceras" com a Síria

Em leitura:

Líbano quer "relações privilegiadas e sinceras" com a Síria

Tamanho do texto Aa Aa

O desejo foi expresso pelo primeiro-ministro libanês, que terminou, no domingo, uma visita de dois dias a Damasco. A primeira visita, depois do assasinato do pai, o antigo primeiro-ministro Rafic Hariri.

Em dois dias, o presidente da Síria, Bachar al-Assad, reuniu-se três vezes com Saad Hariri.

“Nós, no Líbano, preocupamo-nos que as colinas de Golã sejam devolvidas à Síria, tal como a Síria está interessada em ver todos os territórios libaneses ocupados por Israel serem devolvidos ao Líbano”, afirmou o primeiro-ministro libanês.

As relações entre o Líbano e a Síria bateram no fundo, em 2005, quando o movimento “14 de Março” de Saad Hariri acusou Damasco de ter assassinado Rafik al-Hariri.

Em Abril de 2005, a indignação libanesa e a pressão internacional forçaram a Síria a retirar as tropas do Líbano, pondo fim a uma presença militar de três décadas.