Última hora

Última hora

Detidos os ladrões da emblemática placa de Auschwitz

Em leitura:

Detidos os ladrões da emblemática placa de Auschwitz

Tamanho do texto Aa Aa

A polícia polaca recuperou a placa de ferro com a famosa inscrição “o trabalho liberta” do campo de concentração de Auschwitz-Birkenau, que tinha sido roubada há três dias.

Cinco homens foram detidos e estão a ser interrogados. Todos são ex-condenados mas nenhum pertence a grupos neonazis, o que lança ainda mais especulação sobre a razão do roubo.

A célebre inscrição, de cinco metros de comprimento e 40 quilos, foi encontrada separada em três pedaços, numa casa nos arredores de Torun, no norte do país.

Marek Woniczka, o chefe da polícia regional anunciou que vão entregar o sinal o mais depressa possível ao museu de Auschwitz, que ocupa grande parte do antigo campo de concentração. Algo que deve acontecer antes do 65º aniversário da libertação do campo, que se comemora a 27 de Janeiro.

O letreiro encontra-se às portas do campo de extermínio desde 1940. Estima-se que mais de um milhão de judeus tenham morrido em Auschwitz às mãos do regime nazi.

O sinal “Arbeit macht frei” vai poder agora regressar ao seu lugar, depois de ter causado uma forte onda de condenação por todo o mundo, especialmente entre a comunidade judaica.