Última hora

Última hora

Visita de Fillon à China cheia de negócios

Em leitura:

Visita de Fillon à China cheia de negócios

Tamanho do texto Aa Aa

O consórcio CFM, formado pela francesa Safran e pela norte-americana General Electric, conseguiu um acordo milionário para fornecer motores para o futuro avião chinês C919.

O motor começa a ser produzido em 2012 e entra em serviço em 2016, juntamente com o novo avião da China.

O valor inicial do contrato é de 5 mil milhões de dólares, ou 3,5 mil milhões de euros, mas pode no futuro aumentar para os 15 mil milhões de dólares, o que corresponde, ao câmbio actual, a mais de 10 mil milhões de euros.

O negócio foi anunciado durante a visita do primeiro-ministro francês, François Fillon, à China. A visita deu frutos, em termos de negócios -foi também assinado um acordo para a cooperação dos dois países na energia nuclear.

Disse Fillon: “Gostava de salientar a importância destes novos acordos, porquue acredito que a nossa cooperação nuclear está enraizada na história comum das nossas duas repúblicas, que valorizaram a inovação tecnológica e a independência energética”.

O acordo foi assinado entre as empresas francesas EDF e Areva e o grupo chinês CGNPC, para a construção e exploração de dois reactores nucleares de terceira geração, que estão a nascer na região chinesa de Cantão.

Além destes negócios, foram assinados contratos também no sector da banca e vários acordos de cooperação.