Última hora

Última hora

Moody's baixa avaliação da Grécia

Em leitura:

Moody's baixa avaliação da Grécia

Tamanho do texto Aa Aa

Em três semanas, a economia grega sofreu três reveses. Depois da Fitch e da Standard & Poors, a terceira grande agência de rating decidiu cortar também a avaliação da dívida grega. Agora foi a Moody’s. No entanto, segundo esta avaliação, o nível continua positivo – foi revisto de A1 para A2, enquanto a avaliação das outras duas agências foi revista para BBB+.

Este ano, a Grécia teve um défice orçamental de 12,7% por cento e uma dívida públida de mais de 113% do Produto Interno Bruto – valores que devem piorar em 2010.

Para combater o défice, o governo de centro-esquerda, liderado por Georgios Papandreou, anunciou medidas de choque, com uma forte redução nas despesas do Estado, incluindo cortes na função pública e um congelamento dos salários.

As medidas foram muito mal recebidas nas ruas, com manifestações que juntaram dezenas de milhares de pessoas nas ruas de Atenas e de outras cidades e uma greve geral, na semana passada.

Apesar da nova revisão em baixa, os comentários da Moody’s tiveram um efeito positivo, já que a agência disse que a economia grega não está a entrar em crise e traçou um panorama melhor que o previsto.

As obrigações do Estado e as acções dos bancos estiveram a subir.